Exames - Cliged :: Clínica Gastro e Endoscopia Digestiva | Juiz de Fora - MG
Cliged :: Clínica Gastro e Endoscopia Digestiva | Juiz de Fora - MG

Exames

Endoscopia Digestiva Alta

Procedimento

Exame que permite ao médico analisar o revestimento do duodeno, esôfago, estômago e intestino superior através de um aparelho (endoscópio) introduzido pela boca do paciente.

Indicação - A Endoscopia Digestiva Alta é solicitada pelo médico quando
o paciente apresenta um ou mais sintomas (ou doenças) relacionados
a problemas no aparelho digestivo, como:
- Sentir-se saciado mais cedo do que o normal ou depois de comer menos
do que o habitual
- Sentir que a comida está parando no peito - fezes negras
- Vômito com sangue
- Azia
- Anemia que não pode ser explicada
- Dor ou desconforto na parte superior do abdômen
- Dor ao engolir
- Perda de peso sem justificativa
- Náuseas e vômitos recorrentes
- Cirrose no fígado
- Doença de Crohn

O exame também é indicado para a pesquisa do Helicobacterpylori, bactéria responsável pela maioria das úlceras e da gastrite crônica.

Uso terapêutico - Utilizada para identificar doenças como gastrite e refluxo, a endoscopia Digestiva Alta também pode ser usada em procedimentos terapêuticos, como passagem do balão intragástrico para tratamento de obesidade, retirada de pólipos, colocação de drenos, tratamento de Esôfago de Barrett, remoção de corpos estranhos (moedas engolidas por crianças,
por exemplo), dilatação de estonese etc.

Como é realizado o exame - O endoscopista utiliza um aparelho chamado gastroscópio, que consiste em um tubo flexível
com sistema de câmera na extremidade para a visualização e captura de imagens do sistema digestivo. Para evitar dor, aliviar
a ansiedade e garantir o conforto do paciente durante todo o procedimento, é aplicado um sedativo intravenoso e uma anestesia local na garganta com xilocaína.
Assim que o paciente está sedado, o endoscópio é inserido através do esôfago no estômago e no duodeno, e as imagens capturadas são transmitidas para um monitor. A Endoscopia também é usada para realizar biópsias da mucosa gástrica.

O que acontece depois do exame - Após a endoscopia, você ainda se sentirá relaxado ou até sonolento devido ao sedativo administrado. Por isso, é tão importante contar com um acompanhante e não dirigir nas oito horas seguintes ao exame. Você também poderá sentir um pequeno ardor na garganta, provocada pela passagem do endoscópio, mas o incômodo dura pouco tempo. Se o problema persistir, é recomendado procurar seu médico.

Preparo

Na véspera do exame:
- Fazer uma refeição leve no jantar e ficar em jejum por 10 horas. Até 4 horas antes do exame é permitido tomar um pouco
de água.

No dia do exame:
- Não tomar café da manhã.
- Apresentar-se na Cliged meia hora antes do procedimento acompanhado de um adulto com idade a partir de 18 anos,
que deverá permanecer na clínica durante o preparo até o término do exame.
- Trazer o risco cirúrgico (para os casos em que for necessário).
- Não usar bijuterias/joias.
- Manter as unhas sem esmalte.

Durante o exame:
- Óculos e prótese dentária serão retirados na sala de exames.
- Você receberá um spray anestésico na garganta, para facilitar a inserção do endoscópio, e um medicamento para limpar
o estômago e possibilitar a observação das suas paredes.
- Se necessário, receberá uma medicação tranqüilizadora e relaxante. Durante o exame, siga as instruções do médico especialista e, em poucos minutos, o procedimento terá terminado.

Após o exame:
- Você ficará com a garganta anestesiada por cerca de 30 minutos, por isso deve esperar uma hora ou mais antes de tomar líquidos e alimentar-se. Aguarde até que a enfermeira autorize servir-lhe um lanche.
- Paciente que tomou medicação tranquilizante não poderá dirigir ou executar atividades que exigem atenção por um período
de 8 horas após o exame.

Em caso de dúvidas, ligue para a Cliged: (32) 3257-7900.

Convênios

Contato